sexta-feira, 24 de outubro de 2008

E agora?

Uma tarde na praia nem sempre é só uma tarde na praia. E em uma dessas tardes alguém me disse: “Saber o que quer e ir atrás” . Como é de costume, isso martelou na minha cabeça, e perguntei tanto pra mim como pra o dono da frase: “E se eu não souber o que eu quero?”. Já pensou nisso? O que fazer quando na verdade você nem sabe o que quer? Quando não há um ponto de partida... Aliás, nesses momentos em que essa sensação surge, ninguém, além de você é claro, consegue entender que realmente, de fato, sem mentira, verdadeiramente: você não sabe de nada. Não consegue fazer escolhas, não consegue decidir. Soa como uma desculpa para os outros, mas pra você é uma verdade cruel. Enfim, quando sabemos o que queremos, o próximo passo é seguir em frente, correr atrás, continuar a traçar suas escolhas e seus objetivos. Mas e com uma folha totalmente em branco, o que fazer? O que você faria?

3 comentários:

dudu disse...

Nao tem como saber o q é certo fazer, é seguir o coração sempre. Suas escolhas podem até parecer erradas, mas algum dia verá que nao foi apenas um erro, e sim uma experiencia e q de certa forma te acrescentará em algo, algumas mais outras menos. A vida é feita de erros e acertos, e vc aprende muito com eles.

Felipe disse...

nem me fala nisso... 7º semestre de engenharia e eu, ainda, não sei o que quero.
Já te digo: faz o que te der na telha, e se não gostar, sai logo.
Outra coisa, começa a trabalhar o mais rápido possível pq teus horizontes se abrem muuuito!
bjão guria, qnd der da uma passada no blog lá

Felipe disse...

a proposito o nome do blog mudou para www.pensamentosdeumcara.blogspot.com

atualiza lah na tua lista bjo

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin