domingo, 19 de abril de 2009

Desabafo

A dor de cabeça me impede de expressar tudo que está aqui dentro. Que força para sair, mas nada cabe nas palavras. Quando estou em frente ao meu desafio, acreditando que estou pronta para enfrentá-lo, ele consegue me surpreender, muito mais do que eu imaginava.
De fato, nunca fui muito confiante em mim mesma no que diz respeito a provas e testes, sempre estive ansiosa nos minutos prévios... Por isso, além de resolver os problemas de física, ler os textos de português, entender os experimentos de biologia, vivo tentando vencer a mim mesma. O meu próprio desespero.
Na hora em que as letras embaralham, e não importa quantas vezes eu leia uma frase, nada é absorvido. Respiro, peço calma. Sigo em frente. Mesmo que errante, sigo em frente. Sempre tentando, nem sempre conseguindo, mas batalhando. Cada conselho de quem já passou por uma vida de pré-vestibulando, para mim, vale ouro. Alguns até me dão gás para explodir, acreditar em mim mesma e continuar seguindo... Eu queria ter certeza de onde sou capaz de chegar, mas não tenho, e ninguém tem. São hipóteses, pesquisas, rankings, percentuais que por mais que estejam ali, comprovados pela matemática, na maioria das vezes só me assusta. Eu sempre disse que a vida é feita de fases, de diversas maneiras. No entanto, essa tem sido a mais atípica de todas até então. Uma mistura de medo, com vontade de experimentar. Uns picos de felicidade em que o sorriso é incontrolável, com quedas tristes acompanhadas de lágrimas inevitáveis... Ao final, espero pelo menos sentir orgulho de mim mesma, cessar o estresse e poder transformar tudo isso em mais uma daquelas lembranças de que nos orgulhamos de ter e que nos fazem ser, quem hoje somos.


Embalado por: Free Fallin' - Johm Mayer

3 comentários:

Felipe disse...

Oh... q lixo ein... isso é foda... eu tenho passado por isso nos últimos 3 anos e exatos 2 meses e algumas horas da minha vida. Desde que entrei na faculdade.

Acha alguém pra ti. Uma guria que nem tu não pode ficar sozinha, tu é daquelas que pode escolher um cara bem tri (pois o mercado tá russo pra vocês, gurias) e aproveita.

Quando tu tá feliz com as outras coisas (seja amor, ou tocando bem um instrumento, sabendo tudo de filmes, sei lá...) os estudos vão que é uma beleza.

Outra: tenta fazer exercícios ao invés de apenas ler. Lê pra tirar dúvidas, e depois de fazer todos os exercícios, lê pra ver o que tu não sabia, e te concentra só naquilo.

Espero que tenha ajudado. Vou que amanhã tenho que ler 160 páginas pra faculdade quarta-feira.

Bjão valeu pelo comment no meu, tem post novo. Bjão

Leandro disse...

Bem vinda a vida. A face bonita, o mar de rosas, o lúdico, a eterna brincadeira da vida está ficando para trás.
Agora você está começando a sofrer, batalhar pelos seus objetivos e, no final das contas, se orgulhar das coisas que deram certo. Preste atenção, das coisas que deram certo. Algumas coisas vão dá errado, uma hora você cai, mas depois irá se levantar.
O vestibular é o cartão de visita da vida. Ele é duro, cruel, incerto, te deixa com inúmeras dúvidas do que realmente você quer, dúvidas do futuro e da sua capacidade. Mas agora você não pode chorar e ir pro colo da sua mãe. Vai ter que secar as lágrimas e voltar para o campo de batalha sozinha. Do mesmo jeito que te faz mal, o vestibular te fará bem quando você alcançar seu objetivo, você tirará 500 toneladas das costas e irá saborear o gosto da vitória. Mas o revez também pode acontecer.
Não vou ficar aqui te dando conselhos, pois eles valem para uns e não valem para outros. Cada um tem que trilhar seu próprio caminho. A única coisa que posso te falar é para você sempre se levantar depois de cada tropeço nas pedras que estão no caminho.
Quanto ao limite, ele é só uma barreira criada pela mente. Você é capaz de conseguir tudo que desejar, sonhar. Basta apenas não desistir nos revés da vida.
Boa sorte!
Beijão

P.S: Quanto ao novo blog, ele ainda está sendo concebido.

Ariana disse...

Também vivo tentando vencer meus desesperos!
Acho que isso é uma caractéristica do nosso signo!

E vc pode sim conseguir tudo que deseja, é so querer e correr atrás!
Nunca desista!

bjo

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin