terça-feira, 19 de abril de 2011

Engraçada

Engraçada essa coisa de descobrir no outro a vontade que se tem...

Não entendeu?

Eu explico...

Engraçada essa coisa de que sem querer, pelo acaso desses clics sequenciais e neuróticos de um mouse, achar os escritos de alguém que mais te leêm do que são lidos.

Mais engraçado ainda, como minutos parada em frente a tela do cumpatador - uma cena que remete tanto a alienação - na verdade, foram instantes entregues ao deleite. Não entregues ao ócio, tão comum de sempre. Aliás, sem pagar um centavinho além daquele que paga a conta da luz, que, por sinal, já sustenta os mexericos na vida alheia no Facebook, fui até dentro de mim, dei voltas, mil voltas, viajei. Fui até a vida dela, imaginei mil coisas, mil coisas, e me sinti mais assim, inspirada de graça...

Engraçada essa coisa de descobrir no outro a vontade que se tem...

Experimenta também!

Avec Poivre.

Um comentário:

Juliana disse...

Pelo visto acabei de experimentar, nunca tinha pensado nisso ou assim!!!


Beijos.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin